terça-feira, 26 de novembro de 2013

Planejamento para sua Empresa


 
Mais um ano se despedindo de nossas vidas... lembranças do que ocorreu estão sendo armazenadas para que no futuro saibamos usar todo o conhecimento adquirido em 2013. Com certeza todos nós aprendemos com as dificuldades vividas, com as alegrias e realizações adquiridas e com as pessoas em nossas voltas. E foi um ano extremamente rápido, ao ponto que temos que parar para lembrar-se de tudo que aconteceu.

Agora vêm 2014, um ano repleto de festas que podem tirar o foco do trabalho e resultados, será um ano de carnaval, futebol, eleições... tudo para fazer o ano correr ainda mais apressado. Pensando nisto tudo, volto a afirmar a importância das empresas terem ou reverem seus planejamentos estratégicos. Analisar o caminho que a empresa esta seguindo e para onde esta indo. Faz se necessário planejar novos desafios para todos na organização a fim de almejar seus objetivos, metas e novas conquistas de crescimento.

O responsável pelo marketing de sua empresa deve estar atento continuamente nos mercados de interesse e vida de seus produtos e serviços, zelando assim, pela saúde do negócio. É hora de reavaliar as mudanças da Swot (análise do ambiente interno e externo, com seus pontos fracos e fortes, oportunidades e ameaças).

Lembre-se que estratégia são atitudes importantes a serem realizadas por pessoas comprometidas na organização, que sejam engajadas nos resultados viáveis para ajudar a almejar os objetivos finais.

As incertezas no ambiente de negócio obrigam as empresas a rever com frequência a estratégia ao qual geralmente se refere ao longo prazo.

Para um bom planejamento alguns objetivos devem ser alcançados, são eles: Estabelecer uma clara direção do futuro, mobilizar as equipes através de uma visão comum e bastante específica, definir prioridades para facilitar as tomadas de decisões, definir melhor os investimentos, cumprir a missão social implícita para qualquer organização, concretizar as ações com maior eficácia e fortalecer a marca no mercado de forma mais estruturada.

Uma estratégia pragmática ajuda a melhor direcionar o caminho que a organização deve seguir. É como um instrumento de direção na organização, não necessariamente um plano, mas um comportamento amadurecido para situar a organização no seu ambiente, conhecendo e utilizando recursos disponíveis.

Então para 2014 é preciso saber que é necessário rever algumas coisas, manter outras e enfatizar novas estratégias para melhorar ainda mais seus resultados. Já sabe quanto quer crescer neste novo ano que se aproxima? Quais serão seus produtos destaques? Quais os diferenciais de sua empresa?

Um bom planejamento estratégico ajuda a evitar que sua empresa tenha surpresas desagradáveis e também facilita o alcance das metas com maior facilidade. Pense nisto, a SR Comunica pode lhe ajudar a estruturar seus desafios e novas conquistas.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Desvendando o marketing


Quando uma empresa começa a trabalhar efetivamente com marketing, deve ter uma regra intrínseca em sua base, ele permeia todos os escalões da empresa e em todos os setores sem exceção.
É necessário estar atento às ameaças internas que podem retardar ou até invalidar os esforços de marketing, evitando assim, que os resultados finais da empresa não sejam os esperados.
Quando se pensa em marketing estratégico, as metas e objetivos devem estar claramente definidas para que sejam mais fáceis de serem almejadas.
“É um erro administrar organizações enfocando primeiramente apenas um único objetivo. As organizações devem planejar a realização de diversos objetivos ao invés de um único. Devem ser especificados objetivos suficientes para que todas as áreas importantes ao funcionamento da empresa sejam envolvidas”. (Peter Drucker, 1993, pág.87) 
A empesa deve ter como foco algumas áreas chaves para que o alcance do plano traçado seja almejado, são elas: posição no mercado, inovação, produtividade, níveis de recursos disponíveis, lucratividade x rentabilidade, desempenho e desenvolvimento do administrador e suas equipes, responsabilidade social. Tudo isso conectado ao planejamento estratégico geral da empresa.
As metas são a quantificação dos objetivos propostos, ou seja, a tradução daquilo que se pretende alcançar em termos de volume, valor e tempo. Pensar nestas definições é fundamental para se desdobrar em metas setoriais específicas, além de viabilizar a mensuração parcial dos resultados.
Então não se esqueça de criar seu planejamento estratégico com os pés no chão, pois para alcançar os objetivos e metas, a empresa deverá alocar e acionar os recursos necessários.

Uma dica é começar devagar, mas estritamente focada nos objetivos estabelecidos, assim será mais fácil enxergar o caminho certo.